Luxa trata jejum com naturalidade e vê justiça em vitória do Bahia

 

A fase mudou. O Flamengo avassalador de Vanderlei Luxemburgo, de seis vitórias nos sete primeiros jogos do Brasileirão, encara seu primeiro momento de maior pressão. Dos últimos 21 pontos, somente seis foram conquistados. Entretanto, o treinador mantém a postura do período em que estava em alta: é preciso equilíbrio. Em uma rara entrevista em que não citou a "zona da confusão", Luxa tratou com naturalidade o revés por 2 a 1 para o Bahia, neste domingo, na Fonte Nova, pela 25ª rodada, em discurso para evitar que o Rubro-Negro não saia dos trilhos.

Se não foi tão produtivo como nos outros tropeços recentes, para Grêmio e Goiás, o Flamengo ao menos não se privou de buscar uma reação diante de uma Fonte Nova lotada. Principalmente no segundo tempo. Os cariocas finalizaram o dobro do time da casa (16 a 8), mas não foram felizes. Tranquilo, Luxa analisou a partida:

- Acho que o Bahia mereceu o resultado. Finalizou menos, mas com eficiência. Sofremos dois gols por erros de posicionamento. O nosso segundo tempo foi melhor, mas no contexto geral, o Bahia foi melhor.

Depois de rodadas com polêmicas envolvendo a arbitragem em lances contra e a favor, o treinador do Flamengo admitiu que houve, sim, pênalti de João Paulo em Railan, em lance determinante para o placar final. Agora, o time carioca volta o foco para Copa do Brasil, embarca para Natal na segunda-feira e encara na quarta o América-RN, pelas quartas final da competição.

No Brasileirão, o próximo compromisso é diante do Santos, sábado, no Maracanã, em partida que deve marcar o jogo 500 de Léo Moura pelo clube.

Pênalti determinante para o resultado

 - A substituição do Wallace foi ruim. É sempre ruim perder jogador por lesão. O pênalti existiu e em uma bola do zagueiro lançando para o lateral. Precisávamos de um posicionamento melhor, mas foi mérito do adversário também. Tirei o Elton porque não adiantava ter jogador na área sem chegar pelo lado. Coloquei o Gabriel, que carrega mais a bola, e o cruzamento foi um pouco mais da linha  (no lance do gol). Isso é o que estou querendo. O Eduardo (da Silva) pediu para sair. Não é nada anormal perder para o Bahia aqui.

Quatro jogos sem vencer

- O Flamengo é assim, te bota no céu e no inferno em três, quatro jogos. Acho que está dentro de uma normalidade. Temos uma gordura para queimar, mas temos que terminar essa fase difícil da competição. Temos o Santos em casa, Figueirense fora, Cruzeiro... Agora, temos a Copa do Brasil agora para ver o que fazer.

Wallace lesionado

- Ainda não fizemos uma avaliação, mas pelo que vi, ele está fora do jogo de quarta-feira.

Ausência de Cáceres

- O Cáceres é o primeiro volante. Tive dois jogadores ali, mas com maior qualidade e não tanto poder de marcação. Até gosto de jogar assim. Não optei pelo Amaral ou Recife para poder puxar um pouco mais o contragolpe ali. Tanto Márcio quanto Canteros têm uma saída de bola boa.

Problemas de saúde de treinadores

- Nós não somos mais nenhuma criança. Esse tipo de problema existe com o técnico, a faxineira, o médico, o repórter, todo mundo... O que aconteceu com o Muricy acontece no mundo muitas vezes ao mesmo tempo. Não é por causa dessa pressão, para a qual estamos preparados. Esse é um percentual normal da população mundial. O que o Joel teve, eu já tive lá atrás e não precisei operar. Eu tenho 62 anos, o Muricy deve ter 61 ou 62, e são coisas que acontecem, não por causa do futebol. Às vezes, um cara morre de infarto por subir a escada. Teve o menino que morreu no São Caetano (Serginho). O futebol mexe muito com a pressão, mas não quer dizer que seja por causa disso.

 

CRB perde para Salgueiro por 1x0 e deixa o G4 da Série C

Jogo truncado, reclamação dos jogadores e oportunidades para os dois lados. Estas foram as circunstâncias que marcaram a derrota do CRB para o Salgueiro, na tarde deste domingo (28), em partida realizada no Estádio Cornélio de Barros, no Sertão pernambucano. Com o revés por 1x0, o CRB se complica na disputa pela classificação e cai três posições na tabela, já fora do G4, passando a ocupar a quinta colocação no grupo A, devido ao empate sem gols entre Botafogo-PB e Fortaleza.

O gol da partida foi marcado pelo jogador mais acionado pelo lado do Carcará. Aos cinco minutos da segunda etapa, Anderson Paraíba chutou forte no canto esquerdo da barra e definiu a partida para os pernambucanos.

Após o resultado negativo, o zagueiro Gabriel lamentou as oportunidades perdidas e destacou a necessidade de foco total de todos para a partida decisiva em Maceió, na última rodada, contra o Cuiabá.

“As oportunidades não foram muitas. Num jogo desse, não se cria muito. E quando a chance aparece, tem que ser feliz para marcar, e a gente não foi. É trabalhar e trabalhar. Temos um jogo difícil em casa e sabemos da dificuldade. É momento de nos unirmos, de nos fecharmos, juntando tudo o que podemos para garantir a classificação”, comentou.

A derrota para o Salgueiro e a vitória do ASA sobre o CRAC colocaram o CRB na quinta colocação da chave, com os mesmos 24 pontos do início da rodada. O Salgueiro, por sua vez, aproximou-se da classificação e assumiu a vice-liderança do grupo. O Carcará necessita apenas de um empate para carimbar o seu passe à fase de mata-mata.

Na última rodada, o CRB vai receber o Cuiabá às 19h do próximo sábado, em partida a ser realizada no Estádio Rei Pelé. O Salgueiro, por sua vez, enfrenta o ameaçado Treze, no Estádio Presidente Vargas, em Campina Grande (PB).

Defesa regatiana de um lado, Anderson Paraíba do outro

O Salgueiro começou a partida apertando desde o início. As jogadas passavam sempre pelas pernas da cabeça pensante do Carcará, o meia Anderson Paraíba. Caindo pela esquerda, com Peri, ou armando do meio, o jogador procurava lançar seus companheiros na linha fundo a fim de que a bola chegasse no alto centroavante e ex-Santa Rita Kiros.

O CRB demorou para equilibrar a partida. Alternando uma defesa bem postada, com grande participação de Olívio, e contra-ataques, o CRB ditava a sua postura em campo. Quando mais acertado e com a posse de bola, as triangulações entre Glaydson Almeida, Geovane e Diego Clementino criavam as melhores oportunidades para o Galo. E, dessa forma, aos 39' do primeiro tempo, Glaydson teve melhor chance regatiana na etapa inicial, quando chutou de fora da área depois de passe de Geovane. A bola passou a esquerda do gol de Luciano e assustou a torcida presente.

Gol no começo e jogo aberto

Logo no início do segundo tempo, a eficiente atuação de Anderson Paraíba foi recompensada. Aos 5', após sequência de defesas milagrosas de Júlio César, o Salgueiro imprimiu nova jogada de ataque. Recebendo bola oriunda da esquerda, o camisa 10 do Carcará só teve o trabalho de arrumar o corpo e chutar firme na esquerda para abrir o placar: 1x0.

Com o gol, o jogo ficou mais aberto. Os times se alternavam no ataque, imprimindo jogadas de velocidade e procurando proritariamente as linhas da de fundo. O CRB teve grandes chances de marcar com Diego Clementino, Daniel Marques e Jeferson Maranhão. Este por último perdeu a principal oportunidade de empate, quando, aos 34', recebeu bola enfiada por Clebinho na direita e chutou no canto, obrigando ao goleiro Luciano a operar milagre. 

Com muita reclamação, catimba e farpas entre os adversários, o jogo seguiu em ritmo alucinante para fim. Com a defesa do Salgueiro bem colocada e o ataque do CRB não tão afiado, a pressão regatiana não foi eficiente e o placar não alterou-se no Sertão pernambucano.


Marechal Deodoro vivendo um novo tempo

 

 

Tem Sempre uma obra pertinho de voçê !!!         

 

MARECHAL DEODORO

UMA CIDADE HISTÓRICA

PRAIA DO FRANCÊS

MARECHAL DEODORO - AL

CIDADE SIMBOLO DE AMOR E LIBERDADE

VENHA CONHECER E CONFERIR
AS BELEZAS DE NOSSA TERRA.

 

Após quatro dias internado, Muricy tem alta e agora se recupera em casa

O técnico Muricy Ramalho, do São Paulo, teve alta neste domingo após quatro dias internado no hospital São Luiz, na capital paulista. O treinador agora se recupera em casa de uma arritmia cardíaca que o afastou das últimas atividades do clube, inclusive a partida deste sábado, quando o time foi derrotado em casa pelo Fluminense por 3 a 1. 

Em repouso, Muricy continuará afastado da rotina são-paulina pelos próximos dias, ainda sem data para voltar. Assim, a equipe, que nesta terça inicia o duelo com o Huachipato-CHI pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, continua confiada ao auxiliar Milton Cruz.   

O técnico se sentiu mal após o treinamento de quinta-feira e foi levado à unidade do São Luiz no bairro do Morumbi para exames que detectaram a arritmia. Por precaução, passou os primeiros dias na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) e, no sábado, foi levado a um quarto.   

Muricy tem acumulado problemas de saúde recentemente. Em 2009, quando também era técnico do Tricolor, foi internado por conta de pedra nos rins. Dois anos depois, no Santos, sofreu uma hérnia de disco. Já em 2013 viveu a situação mais complicada: uma diverticulite (problema no intestino) o deixou alguns dias no hospital.

Atlético-PR vence o Corinthians e se afasta do Z-4; Timão cai para sétimo

 

Seguro, com uma proposta muito bem definida de jogar nos contra-ataques, o Atlético-PR venceu o Corinthians por 1 a 0, na Arena da Baixada, e cumpriu seu objetivo: afastar-se da zona do rebaixamento. Com a vitória, o Furacão foi a 31 pontos, cinco a mais do que o Botafogo, primeiro time fora da zona da degola (esse número ainda pode cair, caso o Palmeiras vença o Figueirense em Florianópolis, no jogo das 18h30). Cléo, num pênalti sofrido por ele mesmo, fez o gol da vitória paranaense.

Já o Corinthians teve o pior fim de semana possível, já que rivais diretos na luta por uma vaga no G-4, como Atlético-MG, Grêmio e Fluminense, venceram seus jogos (só o São Paulo perdeu, justamente para o Flu). Com a derrota, a segunda consecutiva, o Timão caiu para sétimo, sua pior posição desde a sétima rodada. O time de Mano Menezes estacionou nos 40 pontos, três a menos do que o Atlético-MG, quarto colocado.

O próximo jogo do Corinthians será pela Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, na Arena de Itaquera. Pelo Brasileirão, o Timão encara o Sport, também em casa, no sábado, às 18h30. No mesmo dia, mas às 16h20, o Atlético-PR faz o clássico paranaense contra o Coritiba, no Couto Pereira.

O jogo
O Corinthians dominou a posse de bola no primeiro tempo (chegou a ter 66%, mas terminou com 61%), tocou mais (202 passes certos contra 87), ciscou, ciscou, ciscou e não finalizou como deveria. O Atlético-PR, por sua vez, foi letal no contra-ataque. Com Marcelo, Douglas Coutinho e Cléo, mais o auxílio dos laterais Sueliton e Natanael, o Furacão se fechava e esperava a hora certa de dar o bote e sair em velocidade. Foram 25 desarmes contra seis dos paulistas na etapa inicial. Num desses lances, a bola sobrou para Cléo na área. Estabanado, Elias derrubou o atacante rubro-negro. Pênalti claro, convertido pelo próprio Cléo.

No segundo tempo, Mano Menezes trocou Petros por Romero, e o time passou a apostar mais em lançamentos longos. Na prática, era a simples "ligação direta" da defesa para o ataque, sem passar pelo meio-campo. Bem postada, e contando com os erros de passe dos corintianos, a defesa do Atlético-PR neutralizou bem todas as investidas alvinegras. E foi assim, sem passar sustos, que o Furacão cozinhou bem o jogo e saiu com a vitória. Resultado justo.

 

 

O PREFEITO CRISTIANO MATHEUS , CONTINUA REALIZANDO UM BELÍSSIMO TRABALHO EM MARECHAL DEODORO !!

POSTADO EM 18/01/2014

 

 

 

 

 

 

 

 




CASAMENTO COLETIVO EM MARECHAL

Você que já vive em regime de união estável e pretende se casar sem a despesa do cartório, a oportunidade é agora. No próximo dia 09 de maio, a prefeitura de Marechal Deodoro realiza mais uma edição do programa Prefeitura Perto de Você.

Neste dia a equipe da Secretaria de Assistência Social, estará fornecendo documentos grátis como CPF, RG, carteira de trabalho e outros serviços como corte de cabelo, palestras, alem do casamento coletivo. Mas para participar do casamento coletivo, os interessados devem comparecer ate a próxima sexta-feira na sede da secretaria, na rua Tavares Bastos, em frente a prefeitura com todos os documentos pessoais. O horário de atendimento é das 8h as 14h.

 

 

 

 

 

 

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MOSTRA Á ALUNOS O USO EFICIENTE E SUSTENTÁVEL DE ENERGIA ELÉTRICA

A prefeitura de Marechal Deodoro, através da Secretaria de Educação, numa parceria com a Eletrobrás e o Instituto Efort, realizou na cidade uma edição do Projeto Luz do Saber.

Durante onze dias, as crianças matriculadas na rede municipal de ensino, participaram de dinâmicas pedagógicas que lhes ensinaram o uso eficiente e sustentável da energia elétrica. Além das palestras que assistiram, os alunos também receberam kits com material didático.

Os instrutores e professores que acompanharam as crianças, observaram que o que mais lhes chamou atenção foram as exposições práticas com exemplos do uso de energia eficiente da energia elétrica, sua propagação e fontes. Tudo isto, realizado dentro de uma unidade móvel (ônbius) que leva o projeto para diferentes cidades do nordeste.

A representante da secretaria municipal de educação, e uma das coordenadoras do projeto na cidade, Taciana Lessa, comentou que “estes eventos são muito importante para os alunos,. Pois além de fortalecer o conhecimento estudado em sala de aula, demonstra na prática, como podemos reduzir o consumo de energia, evitando desperdícios e contribuindo para um planeta mais sustentável.”, disse Taciana.

 

PRAIA DO FRANCÊS ESTÁ ENTRE AS MAIS LIMPAS DO ESTADO

As águas da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, estão entre as que apresentam melhores condições de balneabilidade no Estado de Alagoas. A informação é do departamento técnico do IMA – Instituto de Meio Ambiente, que recolhe amostras e monitora a qualidade das águas das praias alagoanas.

O último relatório do IMA analisou 20 pontos entre o litoral norte a sul do Estado, inclusive Maceió. Destes, onze estão impróprios para banho. As amostras analisadas da Praia do Francês apontam que em Marechal Deodoro os banhistas desfrutam das águas com os melhores  índices de balneabilidade. O documento é um dos instrumentos utilizados para monitorar as áreas próprias e impróprias para banho, além de indicar possíveis irregularidades.

O relatório produzido, pela Diretoria de Laboratório, segue os padrões definidos pela resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). As amostras foram coletadas nos dias 07 e 08 de janeiro, quando houve incidência de chuvas. A classificação, quanto a própria ou imprópria, é definida pelo Número Mais Provável (NMP) de Coliformes Termotolerantes (fecais) por 100ml de água, durante o intervalo de cinco semanas.

BOA NOTÍCIA

O relatório do IMA é visto com entusiasmo pelos ambientalistas e o trade do turismo de Marechal Deodoro, que detém um número considerável de leitos ofertados em pousadas e hotéis na Praia do Francês.

Alexsandro Santos Silva, 28 anos, há quinze pratica surfe no Francês. “É claro que ficamos satisfeitos com esta notícia. Pois a galera que surfa aqui vem de várias partes do nordeste. Ao mesmo tempo que ficamos tristes em saber que em outros lugares não há o cuidado que se tem com a água aqui”, comenta.

O empresário hoteleiro Mauro Vasconcellos também vê com entusiasmo o resultado da análise do IMA. Para ele, é importante que os diversos setores da sociedade e também públicos, continuem tomando ações para manter a praia como está.

“Pois praia limpa e ideal para o banho é sempre um bom referencial para o turismo. E não podemos perder isto, por razões ambientais e também turísticas”, comenta. Para ele, é preciso ter cautela quanto aos locais onde o resultado foi diferente. Pois afinal de contas o turista com sua família escolhe uma região como destino. E não somente um ponto do litoral. “Por isto é importante dar atenção à questão como um todo”, conclui.

 
 

PREFEITURA FIRMA CONVENIO PARA REFORMA DE IMÓVEIS PARTICULARES DO SÍTIO HISTÓRICO

A prefeitura de Marechal Deodoro acaba de firmar convênio com do Iphan para a reforma dos imóveis particulares que fazem parte do sítio histórico tombado da cidade. Veja abaixo o edital para a seleção de propostas. E fique atendo para os prazos. Mais informações, com a arquiteta Fernanda Gueiros, pela manhã, na casa de Câmara e Cadeia.

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARECHAL DEODORO

AVISO DE SELEÇÃO PUBLICA Nº 01/2014

 

Está aberto até o dia 27 de maio de 2014, às 9:00 horas,edital de seleção para apresentação de propostas para recuperação de imóveis privados no centro histórico de Marechal Deodoro (AL). A ação, que é realizada em parceria entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a Prefeitura de Marechal Deodoro e o Banco do Nordeste, visam à recuperação do patrimônio edificado, de propriedade particular, por meio da concessão de um financiamento sem juros para a população da área tombada.

Podem ser financiadas obras de recuperação ou adequação em fachadas ou coberturas, de estruturas, das instalações elétricas, hidrossanitárias e de prevenção de incêndio, bem como intervenções que visem melhor adequar os imóveis com relação às condições de insolação e ventilação. Também podem ser financiados os custos relativos à elaboração dos projetos de arquitetura e engenharia relacionados às obras propostas.

Podem apresentar propostas pessoas que tenham a posse do imóvel (proprietários, inquilinos, promitentes compradores, comodatários, usuários por pelo menos cinco anos contínuos), parentes (mãe, pai, filhos e irmãos), cônjuges ou sócios de pessoas jurídicas que formalmente utilizam o imóvel. Os interessados devem procurar a Secretaria de Cultura de Marechal Deodoro, que funciona na antiga Casa de Câmara e Cadeia, à Rua Tenente José Tomé s/nº, esquina com o Largo da Matriz. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (82) 3263.2608 ou pelo e-mail cultura@marechaldeodoro.al.gov.br.

 

A abertura das propostas será em sessão pública no dia e horário acima mencionados.

Fernanda Santana Gueiros

Presidente da CES

 

CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG % ÚLTIMOS JOGOS
1
0
53 25 16 5 4 49 25 24 70.7
   
2
0
47 25 14 5 6 35 20 15 62.7
   
3
0
43 25 12 7 6 43 33 10 57.3
   
4
0
43 25 12 7 6 35 26 9 57.3
   
5
0
43 25 12 7 6 21 14 7 57.3
   
6
1
40 25 11 7 7 40 25 15 53.3
   
7
1
40 25 10 10 5 29 18 11 53.3
   
8
1
36 25 10 6 9 31 23 8 48.0
   
9
1
36 25 10 6 9 21 28 -7 48.0
   
10
2
32 25 9 5 11 24 34 -10 42.7
   
11
2
31 25 8 7 10 28 33 -5 41.3
   
12
2
31 25 8 7 10 23 31 -8 41.3
   
13
2
30 25 8 6 11 23 26 -3 40.0
   
14
2
29 25 7 8 10 22 24 -2 38.7
   
15
1
28 25 7 7 11 21 27 -6 37.3
   
16
1
26 25 7 5 13 25 31 -6 34.7
   
17
0
25 25 7 4 14 21 39 -18 33.3
   
18
0
24 25 6 6 13 24 35 -11 32.0
   
19
1
24 25 5 9 11 13 32 -19 32.0
   
20
1
23 25 5 8 12 24 28 -4 30.7
   
 
  • PAL
    Palmeiras
     
    Chapecoense
    CHA
    Qui 02/10/2014 - 19:30 Pacaembu
  • FLA
    Flamengo
     
    Santos
    SAN
    Sab 04/10/2014 - 16:20 Maracanã
  • FLU
    Fluminense
     
    Bahia
    BAH
    Sab 04/10/2014 - 16:20 Mané Garrincha
  • CFC
    Coritiba
     
    Atlético-PR
    CAP
    Sab 04/10/2014 - 16:20 Couto Pereira
  • VIT
    Vitória
     
    Botafogo
    BOT
    Sab 04/10/2014 - 16:20 Barradão
  • GRE
    Grêmio
     
    São Paulo
    SAO
    Sab 04/10/2014 - 16:20 Arena do Grêmio
  • COR
    Corinthians
     
    Sport
    SPO
    Sab 04/10/2014 - 18:30 Arena Corinthians
  • CRU
    Cruzeiro
     
    Internacional
    INT
    Sab 04/10/2014 - 18:30 Mineirão
  • GOI
    Goiás
     
    Figueirense
    FIG
    Sab 04/10/2014 - 18:30 Serra Dourada
  • CRI
    Criciúma
     
    Atlético-MG
    CAM
    Sab 04/10/2014 - 21:00 Heriberto Hülse

 

                                                                                             

Médico afirma que Joel tem chance de treinar o Vasco no jogo de sexta

 

Após passar por uma cirurgia neste domingo, o treinador Joel Santana tem possibilidades de comandar o Vasco na próxima sexta-feira, quando o time enfrenta o Bragantino, pela 27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O médico José Ribamar, que participou da intervenção cirúrgica, afirmou que há boas chances do desejo do técnico de estar à beira do gramado de São Januário na sexta se realizar. Segundo ele, Joel deve ter alta na quarta ou quinta-feira.

- A cirurgia transcorreu muito bem (...) Ele manifestou a preocupação com o time, com a torcida, de estar na sexta (no jogo). Mas acho que ele vai estar lá no campo - disse em entrevista aoSporTV.

Joel Santana, 65 anos, foi internado no sábado após sentir fortes dores abdominais. Exames indicaram um quadro de colecistite aguda (inflamação da vesícula biliar) e foi necessária uma intervação cirúrgica para a retirada da vesícula no hospital Pró-Cardíaco, em Botafogo (Zona Sul do Rio).

O médico José Ribamar revelou que também foram retirados dois cistos benignos no abdomen e foi corrigida uma pequena hérnia na região do umbigo.

D´ LIRIO SEX SHOP

 

Sex Shop

Antenada com as constantes mudanças de conceitos para os novos tempos.
Em parceria com os maiores fabricantes, distribuidores e importadores
do país, Oferecemos aos nossos clientes uma grande variedade de
produtos e acessórios para todos que buscam sensualidade e satisfação
plena. Aqui você tem a oportunidade de apimentar cada vez mais o seu
relacionamento, esteja você casado(a), namorando ou solteiro.

contatos: delirandoporvc@gmail.com/ telefone: 8805-1036

Açeitamos todos os cartões de credito(menos o hiper no momento).

Faça ja seu pedido.

Serviço diferençiado D'lirios sex shop:atendimento exclusivo com hora marcada(vamos ate sua casa ou escritorio)

Ligue ja 8805-1036 e agende sua visita

   FIGUEIRA MARCA NO FIM, SE AFASTA DA ZONA DE RISCO E TIRA O TIMÃO DO G-4

 

Um jogo arrastado, com muitos erros de passe, pouca criatividade, que se encaminhava para um 0 a 0 justo. Até que, num lampejo, o Figueirense, com Marcão, se aproveitou de falha da defesa do Corinthians, já aos 38 do segundo tempo, para marcar o único gol e quebrar a monotonia da partida. Um gol importante para os catarinenses, que sobem para a 12ª colocação, com 29 pontos, abrindo seis da zona de rebaixamento. Já o Timão, com 40, sai do G-4. Tem a mesma pontuação do Grêmio, que leva vantagem no número de vitórias (11 a 10) e fecha o grupo que garante vaga na Libertadores. Pode ser ultrapassado também pelo Atlético-MG, que joga nesta quinta contra o Santos. Desde a oitava rodada a equipe do Parque São Jorge não saía do grupo de elite

O Figueirense volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Palmeiras, às 18h30, no Orlando Scarpelli. Já o Corinthians, também no domingo, mas às 16h, enfrenta o Atlético-PR, na Arena da Baixada, em Curitiba.

O jogo

O Corinthians tomou a iniciativa da partida. Teve a bola, acertou passes, abriu a defesa do Figueirense, com Danilo comandando as ações no meio. Faltou ao Alvinegro, porém, chutar a gol. Malcom, bem marcado, não conseguiu se mexer em campo. Guerrero, isolado, mal pegou na bola. O Figueira, por sua vez, foi mais incisivo. Jogando com objetividade, sabia o que fazer com a bola. Tanto que criou as melhores oportunidades da primeira etapa. Sob o comando Giovanni Augusto, o time da casa obrigou Cássio a salvar o Timão com duas defesas em sequência, em chutes de Pablo e Marco Antônio. Os catarinenses ainda reclamaram de uma bola na mão de Danilo dentro da área, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

O segundo tempo foi amarrado, com os dois times errando passes demais - foram 74 na partida (39 dos mandantes e 35 dos visitantes). Sem um pingo de criatividade, com jogadas equivocadas, as equipes torturaram quem assistia à partida. Apenas o rápido Clayton, atacante do Figueirense, se dispôs a fazer alguma coisa: partiu para cima de Anderson Martins em alguns lances, que, no entanto, não deram em nada.

De repente, os jogadores acordaram. Aos 38, Luciano, que entrou na vaga de Malcom, achou Guerrero livre pela esquerda. O peruano mandou uma bomba de pé direito, que explodiu no travessão. Era a primeira vez que o Timão chegava na etapa final. A resposta do Figueira foi imediata. No mesmo minuto, em cobrança de escanteio da esquerda, Gil não subiu, Cássio não cortou, e Marcão cabeceou firme para marcar o único gol da partida.

Dunga diz que Ganso tem que esperar, exalta Neymar e não descarta Kaká

 
 

Criticado por não ter convocado Neymar e Ganso para a Copa do Mundo de 2010, o técnico Dunga comparou os momentos vividos pelos dois atualmente. Desde que retornou ao comando da Seleção, o capitão do tetra conta com Neymar como estrela da equipe, mas o meia do São Paulo ainda não ganhou chances.

- Esse Neymar de hoje eu queria em 2010. Mas estamos quatro anos na frente... - disse o treinador, em entrevista ao canal "Fox Sports".

O técnico, que voltou ao comando da Seleção após a derrota de Luiz Felipe Scolari no Mundial em casa neste ano, explicou também por que escolheu o atacante do Barcelona para ser o novo capitão do Brasil e comparou Neymar a Romário

- É um líder técnico, referência no futebol brasileiro e mundial. Além disso ele tem um carisma sobre os demais. Ele gosta de ser competitivo, de vencer. Mas temos que trabalhar em torno do Neymar e criar outros líderes para ajudá-lo. Ele é um jogador que tem ser cobrado, toda hora tem que apostar com ele. Ele gosta disso. É tipo o Romário... Se deixar quieto em um canto, não joga. Tem que cutucar.

O capitão do tetra comentou também sobre o momento de Ganso, que assim como Neymar ficou fora da Copa de 2010 apesar dos pedidos da torcida. Porém, o meia do São Paulo ainda não recebeu uma chance com Dunga em sua nova passagem pela Seleção.

- Tem que ter um rendimento constante. No momento, acho que o Everton Ribeiro e o Ricardo Goulart estão há dois anos tendo bom rendimento no Brasileirão. Vai depender muito de gosto, qualidade, comparação. Mas tem que manter uma coerência, eles estão tendo bom rendimento há dois anos. Os demais vão ter que esperar.

Outro meia do São Paulo foi alvo de elogios de Dunga: Kaká. Segundo o treinador, as boas atuações do craque podem levá-lo de volta à Seleção:

- Hoje ele é um jogador que vem organizar o time e volta pra recompor a marcação. Antes ele era um jogador do pique, da arrancada. Sem dúvida, se continuar nesse rendimento, nessa constante, pela experiência, pela conduta, ele vai ajudar a seleção brasileira.

 

Aperte Play e Curta o Som

.

                                                                                                                                                                  

Jefferson critica diretoria e diz: "Mesmo sem apoio, nós vamos lutar até o fim"

A derrota por 2 a 0 para o Grêmio expôs ainda mais os problemas do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Em campo, a equipe alcançou apenas uma vitória nos últimos sete jogos e pode terminar a rodada na zona do rebaixamento. Fora das quatro linhas, os jogadores reclamam da falta de apoio da diretoria. Pelo menos foi isso que disse o goleiro e capitãoJefferson após a partida deste domingo. Segundo ele, apenas o elenco, a comissão técnica e os torcedores estão unidos neste momento. Indagado se o time estava abandonado pela diretoria, ele foi direto.

- Mesmo sem apoio da diretoria, nós vamos lutar até o fim - respondeu o goleiro, que evitou uma derrota ainda maior com grandes defesas contra o Grêmio (reveja os melhores momentos do jogo no vídeo acima). Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Vagner Mancini minimizou as declarações do capitão.

Com 26 pontos, o Botafogo ocupa a 16ª posição na tabela de classificação do Brasileirão. Ainda pode ser ultrapassado pelo Palmeiras, que enfrenta o Figueirense ainda neste domingo. Nas últimas dez rodadas, o Alvinegro acumula seis derrotas, um empate e três vitórias.

- Os jogadores estão fazendo o que podem. Temos que assumir a responsabilidade, o que podemos fazer dentro de campo, estamos fazendo. Temos que absorver essa derrota diante do Grêmio e partir par a próxima. Temos que levantar a cabeça, não pode baixar a guarda e se unir. Nós, jogadores, temos que nos fechar. O futebol é feito de cobrança, da diretoria, torcedores e comissão técnica, mas é isso, temos que nos manter fechados - frisou.

O Botafogo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado para enfrentar o Vitória, às 16h20 (de Brasília), no Barradão. Antes, no entanto, a equipe encara o Santos na quarta-feira, no Maracanã, pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil.

 

cinquentinha4

A LOTERIA OFICIAL DO NORDESTE

Orçamento do governo prevê salário mínimo de R$ 788 em 2015

Aumento previsto para o salário mínimo é de 8,8% na comparação com o atual valor; impacto nas contas públicas será de R$ 22 bilhões

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quinta-feira, 28, que o reajuste do salário mínimo a partir de janeiro de 2015 será para R$ 788,06. O aumento será de 8,8% em relação ao valor deste ano, que é de R$ 724. O impacto para as contas públicas no próximo ano, segundo a assessoria da ministra, será de R$ 22 bilhões. Miriam entregou nesta manhã a peça orçamentária ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Quando foi citar o novo valor previsto para o salário mínimo, de R$ 788,06, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se equivocou e acrescentou a palavra "mil" ao final. Os jornalistas que acompanham a coletiva de imprensa corrigiram e aplaudiram Mantega, que brincou com o seu erro: "Tem muito jornalista que ganha salário mínimo, não é".

O reajuste do salário mínimo tem como base a regra atual, que calcula o valor a partir da variação da inflação do ano anterior, além do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

A ministra disse que a proposta orçamentária terá como eixo saúde, educação, combate à pobreza e investimentos em infraestrutura. Segundo ela, o presidente do Senado comprometeu-se a aprovar a proposta orçamentária até o final do ano, dentro do prazo legal.

Os ministérios de Dilma Rousseff que terão o maior aumento na previsão de despesas para o ano de 2015, segundo o projeto de orçamento, são os da Saúde, Educação e Cidades. A pasta da Saúde terá R$ 91,4 bilhões para gastar no ano que vem, uma alta de R$ 8,2 bilhões em relação a este ano. O ministério da Educação poderá gastar R$ 46,7 bilhões em 2015, uma alta de R$ 4,4 bilhões ante 2014. A pasta das Cidades terá um orçamento de R$ 26,3 bilhões no ano que vem, uma elevação de R$ 3,4 bilhões em relação a 2014.

 Em casa, ASA volta a não jogar bem, mas vence e chega ao G4

O ASA voltou a não fazer uma grande exibição diante de sua torcida, mas, desta vez, venceu. O placar de 1x0 sobre o Crac, na tarde deste domingo, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, faz com que o alvinegro arapiraquense retorne ao G4 do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, faltando, agora, apenas uma rodada para ser encerrada a fase de classificação.

O gol da vitória foi assinalado por Didira, aos 19 minutos do 2º tempo – o lance, por sua vez, foi muito contestado pelos jogadores do Crac, que alegou impedimento e ainda teve um jogador expulso por reclamação.

Com o importante resultado, o Fantasma de Alagoas pulou do sexto para o terceiro lugar, com 25 pontos, já que tem uma vitória a mais que o Botafogo-PB, que, em casa, no complemento da rodada, ficou no empate sem gols com o Fortaleza.

Na próxima rodada, sábado, 04 de outubro, o ASA enfrenta o já classificado Fortaleza, na capital cearense, enquanto que o já rebaixado Crac receberá a visita do Paysandu. O Alvinegro, portanto, passa a depender apenas de si para se classificar, brigando por vitória na casa do adversário.

Goleiros se limitam a bater tiro de meta no 1º tempo

A partida começou com o Crac avançando suas linhas, tentando surpreender o ASA. E logo no primeiro minuto, com o atacante Júnior, criou chance de gol, mas a bola se perdeu pela linha de fundo. O ASA imediatamente deu a resposta com o também atacante Wanderson, principal artilheiro da competição com dez gols, mas embora tenha dado direção ao gol chutou fraco e permitiu a tranquila defesa do goleiro Donizete.

A primeira jogada de perigo de gol foi com o próprio Wanderson, aos 12 minutos, que finalizou em diagonal um passe recebido de Alex Henrique e que foi para fora de campo.

Porém, os goleiros pouco trabalharam no 1º tempo até porque quase que não houve conclusões certas. O volante Coquinho, do Crac e aos 19 minutos, é que quase fez gol contra ao tocar de cabeça para escanteio bola que quase entrou em sua própria meta.

Mexida no intervalo deixa ASA mais aceso para a vitória

No 2º tempo, com a entrada de Alan Pinheiro no posto de Michel, o ASA voltou mais agressivo, decidido a chegar à vitória. E aos 5 minutos o meia Didira obrigou o arqueiro do Crac a praticar grande defesa ao espalmar para escanteio. Dez minutos após houve triangulação entre Lucas Pavone, Wanderson e Alan Pinheiro. A bola só não entrou porque se chocou com a defesa adversária.

De tanto tentar, o ASA abriu o placar aos 19 minutos. Em tentativa de conclusão de Alan Pinheiro, ao tabelar com Leandrinho, a bola sobrou para Didira que desta vez concluiu certo para fazer o gol da vitória.

Detalhe que houve muita reclamação do Crac, sob alegação de que o atleta do ASA estava impedido, e como consequência Perine, que entrou no lugar de Maninho, foi expulso.

 

Após vitória, Abel tira peso de duelo direto com o líder: "Não será a final"

 

A vitória do Inter sobre o Coritiba neste domingo acirrou a disputa pelo título Brasileiro. Somado ao empate do Cruzeiro com o Sport no sábado, o resultado deixa o Colorado a seis pontos do líder, que será justamente o rival no próximo sábado. Uma final antecipada? Não para Abel Braga, que trata de esfriar o confronto.

- Não será a final. Com certeza, se eu perder, vou ficar a nove pontos de novo. E depois tem mais 12 jogos para se fazer. Não vou botar esse peso na minha equipe, não. Não adianta ganhar do Cruzeiro e não ganhar das outras. Quarta eles têm jogo na Copa do Brasil, e para nos vai ser com certeza um grande jogo. Uma satisfação enorme, é um grande time, primeiro e segundo, mas eles vão enfrentar um grande time também que é o nosso - afirmou o treinador, em entrevista coletiva no Beira-Rio.

Sobre o jogo deste domingo, a conclusão de Abel é de que o treinador Marquinhos Santos posicionou bem seus jogadores, conseguindo "enganar" os donos da casa, a ponto de marcarem dois gols e causar várias situações de perigo. No total, foram 15 finalizações coloradas, contra 22 dos visitantes. O Coxa também acertou mais passes: 317, contra 277 na partida.  Apesar de alguns momentos complicados, porém, o Inter saiu com os três pontos e se aproximou um pouco mais do líder Cruzeiro.

- Tem muita gente com mania de falar que o futebol brasileiro está nivelado por baixo. Você acredita que uma equipe dessa (Coritiba) é lanterna? Ele (Marquinhos Santos, técnico) me enganou muito bem. Abriu o Zé Love, o Joel, mais ou menos parecido com o que o Criciúma fez (na rodada anterior). Quando eles (jogadores do Coxa) se metiam no meio dos zagueiros (colorados), eles ficavam acompanhando e sobrava sempre um no meio. Por isso colocamos o Bertotto - argumentou Abel, explicando, ainda, a substituição de Alex pelo volante oriundo das categorias de base no segundo tempo.

O Inter saiu na frente com D'Alessandro, depois de Wellington Paulista sofrer um pênalti. O capitão anotou o gol no rebote do goleiro Vanderlei. Logo depois, Leandro Almeida conseguiu o empate, de cabeça, após escanteio. Alex fez um segundo, em jogada de confusão na frente da meta do goleiro do Coxa. E ainda no primeiro tempo, Eduardo Sasha ampliou a vantagem por cobertura. 

Na etapa final, Zé Eduardo diminuiu para o Coritiba. O Inter ainda viu o adversário colocar duas bolas na trave. Mas Sasha, mais ma vez, balançou as redes e sacramentou a vitória colorada por 4 a 2. 

- O Sasha foi aproveitando. E futebol é assim, ele sabe que conquistou a posição no campo, é merecedor, já sabe que não vai ser uma má atuação que vai fazer perder a posição, então a confiança aumenta. Eu fico feliz - destacou o técnico.

Agora, tudo é Cruzeiro. O próximo adversário do Inter é o líder do Brasileirão, que está seis pontos na frente. O Colorado folga na segunda e retoma os treinos na terça.

 

Eleições: compra de votos sai por até R$ 150 em Alagoas

A lista de crimes eleitorais previstos pela legislação brasileira é extensa, mas a infração que mais ocupa os órgãos fiscalizadores continua sendo a compra e venda de votos. De acordo com a Polícia Federal em Alagoas, cerca de 80% dos inquéritos eleitorais instaurados no estado a cada pleito são referentes à captação ilícita de sufrágio. Os 20% restantes cobrem os demais tipos de ilegalidades, como a transferência irregular de domicílio eleitoral, calúnia, difamação e ameaça, além das diferentes formas de arregimentação de eleitores no dia do pleito.

O “mercado” de votos envolve cálculos matemáticos e uma estrutura de negócio semelhante à de organizações mafiosas, como explica o delegado da PF Políbio Brandão, que esteve à frente do trabalho do órgão em Alagoas nas últimas eleições. Como é quase impossível ter certeza de que o eleitor “comprado” vai realmente votar em determinado candidato, os infratores trabalham com uma margem de risco, segundo o delegado.

“Para cada voto que se tem, compra-se quatro ou cinco a mais. Por exemplo, se um candidato corrupto precisa de 20 mil votos para se eleger, ele compra 80 mil para ter a garantia de que conseguirá. Como não existe fidelização do eleitor, eles trabalham com uma espécie de ‘‘margem de risco’’. Esse dado matemático já foi comprovado em inquéritos policiais”, diz Políbio, que responde interinamente pela Delegacia de Defesa Institucional (Delinst) da PF, cujo titular é o delegado Marco Antônio Gomes.

O preço de um voto, que chegou a R$ 50 no pleito de 2012, pode ter inflacionado 50% este ano, de acordo com informações preliminares recebidas pela Polícia Federal. Além do “reajuste” de preço, a compra casada seria mais um artifício utilizado: “Este ano, já se ouve falar em até R$ 75 por voto. Também nos chegou a informação de que a ‘casadinha’ dos votos para deputado estadual e deputado federal custaria R$ 150”, revela Políbio.

 

 

 

 

EM BREVE NOSSO BLOGUEIRO.

CARLOS ANTONIO MIRANDA.

 

     Futebol na terra da rasteira

Juca Kfouri

05/05/2014

Não sabe o que é CRB e nem CSA? Nunca ouviu falar em Jacozinho, muito menos Silva Cão?

Quer saber qual foi o primeiro time que o Felipão escalou? Seus problemas acabaram: já está no ar o FUTEBOL NA TERRA DA RASTEIRA!

Numa crônica escrita em 1921, o escritor alagoano Graciliano Ramos sentenciou: “O futebol não pega, tenham a certeza. Desenvolvam os músculos, rapazes, ganhem força, desempenem a coluna vertebral. A rasteira! Este, sim, é o esporte nacional por excelência. Dediquem-se à rasteira, rapazes!”

O documentário FUTEBOL NA TERRA DA RASTEIRA tenta entender como, contrariando todas as expectativas, o futebol pegou em terras Caetés.

Através do relato de ex-jogadores que marcaram a história da centenária rivalidade entre CRB e CSA, o filme traça um panorama geral da relação permeada de alegrias e tristezasentre o futebol e a cidade de Maceió.

Dirigido por Thalles Gomes e produzido pela Subvídeos Produções, o curta-metragem foi um dos vencedores do Premio Guilherme Rogato da Prefeitura de Maceió.

Na escalação do documentário estão os ex-jogadores Silva Cão, Paranhos, Joãzinho Paulista, Catanha, Jorge Siri, Peu, Felipão e muitos outros.

Sem contar a narração de Márcio Canuto e a trilha sonora wado 

 

     

Produtivo, Neymar supera Ronaldo e Messi em média de gols no Espanhol

O começo desta temporada de Neymar foi de assustar, com três lesões em três meses: a que o tirou da Copa do Mundo após uma joelhada na coluna, a do tornozelo esquerdo que o impediu de participar da estreia do Campeonato Espanhol contra o Elche, e a que o fez ser substituído contra o Levante há uma semana, mais uma vez por incômodos no tornozelo. Fato inédito na carreira do brasileiro. 

Mas o camisa 11 do Barcelona tem demonstrado que está determinado a fazer deste o ano dele na Europa. Em sua primeira partida completa em campo pela Liga, liderou o Barça com um hat-trick contra o Granada, seu segundo pelo clube catalão, e alcançou marca importante. Em comparação com Cristiano Ronaldo e Messi, ele tem a melhor média de gols por minuto até aqui, em uma bela reviravolta ainda no começo da temporada.

Neymar faz um gol a cada 43 minutos em campo nesta edição do Campeonato Espanhol. Os últimos três o deixaram na vice-artilharia da competição, seis ao todo, empatado com Messi, e atrás somente de Cristiano Ronaldo, que tem 10. O português, no entanto, jogou mais tempo que o brasileiro, e, pela média, balança as redes de 45 em 45 minutos. 

Contra o Granada, Neymar fez sua primeira partida completa no Campeonato Espanhol. A estatística crua é de 6 gols em cinco jogos. Mas depois de perder a estreia, o camisa 11 teve de sair do banco em duas ocasiões, e em duas partidas foi substituído, o que o deixou somente 262 dos 450 minutos possíveis em campo, e explica a alta média de produtividade. Fora isso, o camisa 11 do Barça ainda deu duas assistências e finalizou 22 vezes, mostrando que não tem mais problemas de adaptação com o futebol europeu e é candidato a protagonista não apenas do Barça, mas do campeonato.

Os feitos de Neymar, obviamente, não diminuem as marcas de Cristiano Ronaldo, que começou o ano em excelente forma. Apesar de ter sido superado pelo jogador do Barcelona na média de gols do Espanhol, o atacante do Real Madrid ainda é o artilheiro do campeonato e tem um gol marcado na estreia da Liga dos Campeões da Europa, quando os merengues golearam o Basel, em casa, por 5 a 1. Assim como o brasileiro, o português, atual melhor do mundo segundo a FIFA, e correndo a passos largos em busca do bi, também tem duas assistências no ano. CR7 tem ainda como vantagem um título conquistado, contra o Sevilla, na disputa da Supercopa da UEFA, em Cardiff, onde deixou sua marca com dois gols.

E Messi? O final triste da temporada passada ficou para trás. O argentino voltou a Barcelona renovado depois de disputar a final da Copa do Mundo - mesmo perdendo a taça para a Alemanha. Na comparação de produtividade com Neymar e Cristiano Ronaldo, ele está atrás: faz um gol a cada 90 minutos. Mas o camisa 10 do Barcelona tem vivido um período diferente sob o comando de Luis Enrique. O craque está muito mais generoso e já deu sete assistências nos sete jogos que o Barcelona disputou até aqui. Ele é o único atleta do elenco a ter disputado os 90 minutos de todas as partidas do clube na temporada.

Com suas duas principais estrelas desequilibrando, e bem entrosadas, o Barcelona conseguiu voltar à liderança do Campeonato Espanhol. Os catalães estão invictos, com cinco vitórias e um empate. Dos 17 gols marcados na competição, 12 foram marcados pela dupla Neymar e Messi.  Antes do próximo compromisso na competição, contra o Rayo Vallecano, o Barça encara seu maior desafio na fase de grupo da Liga dos Campeões, e pega o PSG, em Paris, na terça-feira. No dia seguinte, Cristiano Ronaldo estará em campo pelo Real contra o Ludogorets, na Bulgária.

RADIO JOVEM PAN MACEIO

ESCUTE O RESULTADO DA LOTERIA POPULAR AQUI

CLIQUE AQUI  EM BAIXO

RADIO GLOBO AM.

Clique em baixo Para ouvi

  

A COPA DO MUNDO PERDE NA PESQUISA

 

 

Resultado da Mega sena.

dia 27/09/2014

16-29-34-35-49-51

CONCURSO DE  Nº 1639

 

2 GANHADORES

 

 

Extração n. 04905

OS BILHETES GANHADORES DO PRIMEIRO PRÊMIO FORAM DISTRIBUÍDOS PARA APARECIDA/SP (SÉRIE A E SÉRIE B).
 
DOT
Prêmio Bilhete Valor do Prêmio (R$)
dot2 dot3 dot4
59.086 500.000,00
91.482 34.200,00
75.413 33.600,00
85.255 32.800,00
31.869 31.940,00