ACDA itinerante

 
 
Antônio Oliveira, Pinheiro, Jorge Moraes, Prefeito James Ribeiro, Jorge Lins, Sérgio Torres, Fernando Murta e Gilberto Lima compuseram a mesa
 
 
De altíssimo nível os encontros estaduais que estão sendo promovidos pela Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas. Já foram sete até o momento. O mais recente aconteceu no último sábado, 13, no Hotel São Bernardo, no centro de Palmeira dos Índios, tendo reunido cronistas-esportivos de vários municípios alagoanos. O palestrante da ocasião foi o jornalista e radialista Jorge Moraes, que discorreu a respeito de ética, vocação, postura-profissional, entre outros assuntos de interesse da classe.
 
 
Cronistas atentos durante as apresentações de propostas
 
 
O Presidente Jorge Lins fez questão de deixar claro que o encontro não era uma festa, mas sim um momento de trabalho. Tanto é verdade, que após a palestra os presentes foram divididos em três equipes  que discutiram temas específicos ligados ao futebol e à crônica, tendo sido apresentadas várias sugestões de melhoria. 
 
 
Banner alusivo ao encontro
 
 
O próximo evento vai acontecer, em Arapiraca, no auditório do Cesmac, em data ainda a ser confirmada pela ACDA. Parabéns a todos que participaram e, principalmente, a Associação de Alagoas pela oportunidade que está oferecendo aos associados de crescerem profissionalmente com os eventos! Foi muito bom ter participado.
 

VASCO SAI ATRÁS EM GOL IRREGULAR DO OESTE, MAS EMPATA E SE SEGURA NO G-4

O árbitro Paulo Schleich Vollkopf (MS) conseguiu virar um dos protagonistas da noite. Com um gol mal marcado, saiu criticado no empate por 1 a 1 entre Vasco e Oeste na Arena Amazônia, na noite desta terça-feira, pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O chute de Fábio Santos claramente não cruzou a linha, mas foi validado. E a queda de Thalles na área deu a Douglas a possibilidade de empatar e corrigir, em parte, o erro do juiz

Na saída do gramado, o trio de arbitragem, composto também pelos auxiliares Eduardo Gonçalves da Cruz e Edmilson da Silva Rodrigues, precisou ser escoltado pela polícia. Ouviu poucas e boas de boa parte dos 26.621 pagantes (Renda de R$ 1.105.570,00). Em entrevista, os jogadores cruz-maltinos também reclamaram da marcação.

Com o empate o Vasco conseguiu se manter no G-4, com 40 pontos, em quarto lugar. O Oeste é o 14º, com 27. Os times voltam a campo no sábado, às 16h10 (horário de Brasília). Cariocas pegam o Náutico em São Januário. Paulistas enfrentam a Ponte Preta no Moisés Lucarelli.
 

O jogo

Dezoito minutos de poucas - ou quase nenhuma - chances. Ninguém criava, ninguém assustava. Fábio Santos, então, arriscou o que parecia mais viável no momento: chutes de fora da área. A bola explodiu no travessão, quicou na linha - chegou a levantar terra -, e o árbitro validou o gol de forma equivocada. Na comemoração, o autor do lance precisou se defender de uma latinha de cerveja arremessada da arquibancada ainda com líquido. Levou a mão ao rosto e caiu no gramado. O objeto foi entregue ao juiz, e um torcedor prontamente retirado do estádio. Passado o susto, Fábio Santos voltou para o jogo e fez Martín Silva usar o reflexo para impedir mais um gol seu após escorar cruzamento rasteiro.

No segundo tempo, um copo arremessado, e um outro espectador retirado. Em campo, o Vasco errava muitos passes. Chegou a estar com a marca de 38, 21 a mais que o Oeste. Os cariocas precisaram se lançar ao ataque. Dakson parou na boa defesa de Anderson. Em outra tentativa, marcado por Halisson, Thalles recebeu um leve toque do marcador, mas suficiente para derrubá-lo na área. Paulo Schleich Vollkopf deu pênalti. Douglas converteu. Os dois times ainda tentaram se atirar ao ataque, mas a bola não entrou. Empate polêmico na Arena Amazônia, com direito a invasão de dois torcedores após o apito final.

Wallace elogia Flamengo e minimiza erro da arbitragem: "Paciência"

 

Um erro que não tira o mérito da vitória do Flamengo sobre o Corinthians. Esta foi a visão da Wallace, autor do gol no 1 a 0 de domingo, no Maracanã, pela 21ª rodada do Brasileirão. Apesar de não ter visto ainda imagens do lance, o zagueiro comentou o equívoco do árbitro Sandro Meira Ricci, que não anulou seu gol após o domínio de Eduardo da Silva em posição irregular. O defensor rubro-negro preferiu apontar as virtudes de sua equipe e tratou a falha da arbitragem como normal no futebol.(veja entrevista após o jogo acima)

- Não dá para ver lá dentro. Lamentamos que tenha errado, mas paciência. No último jogo, também erraram contra a gente. Futebol é feito de erros e acertos. Paciência. Ficamos felizes porque a equipe do Flamengo foi muito bem. Se propôs a jogar da forma que vinha jogando, foi consistente. A equipe do Corinthians não teve uma chance, essa que era proposta, e é muito bom. O time mereceu ganhar o jogo de qualquer forma, independentemente de gol legal ou não. O fato de o bandeira ter errado, acontece.

O gol diante do Corinthians foi o quarto de Wallace em 88 jogos com a camisa do Flamengo. Antes, Criciúma, Coritiba e Vitória tinham sido as vítimas. O zagueiro, no entanto, disse que não há sentimento diferente por marcar contra o ex-clube.(veja o gol ao lado)

- A satisfação é como se fosse qualquer outra equipe. Não há nada de especial. É minha ex-equipe, mas sou profissional, sou flamenguista, e conseguimos os três pontos.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 28 pontos, abriu sete da zona de rebaixamento e está na décima posição no Brasileirão. Situação confortável para quem já amargou semanas na lanterna. Para Wallace, a volta por cima tem um responsável: Vanderlei Luxemburgo.

- Ele tem total parcela de contribuição. Isso é fato. O grande ponto é que ele identificou o que precisávamos, que era um cara que cobrasse de forma incisiva. Desde o primeiro dia, ele jogou limpo e nós entendemos. A lição é de que temos que ser sempre humildes, fiéis a nossa característica, e assim teremos mais chance de vencer.

O Flamengo de Wallace volta a treinar na tarde de segunda-feira no Ninho do Urubu, visando o confronto com o Palmeiras, quarta-feira, no Pacaembu, pela 22ª rodada do Brasileirão. Na terça-feira, a atividade será na sede da Gávea, seguido do embarque para São Paulo.

 


Marechal Deodoro vivendo um novo tempo

 

 

Tem Sempre uma obra pertinho de voçê !!!         

 

MARECHAL DEODORO

UMA CIDADE HISTÓRICA

PRAIA DO FRANCÊS

MARECHAL DEODORO - AL

CIDADE SIMBOLO DE AMOR E LIBERDADE

VENHA CONHECER E CONFERIR
AS BELEZAS DE NOSSA TERRA.

 

Muito trabalho à vista: Ronaldinho
isola pênalti e estreia com derrota

Ronaldinho Gaúcho terá muito trabalho pela frente no Querétaro. Com a camisa 49, o craque brasileiro estreou com derrota de 1 a 0 pela equipe contra o Tigres, em casa, pela Copa do México. Além de ter sofrido com a qualidade de seu novo time, o ex-jogador do Atlético-MG ainda desperdiçou a melhor chance do jogo: cobrou um pênalti por cima do gol e perdeu a chance de empatar o confronto

A estreia de Ronaldinho fez a torcida do Querétaro lotar o estádio Corregidora, com cerca de 35 mil presentes. O brasileiro foi ovacionado desde o aquecimento até o momento que tocou na bola pela primeira vez. Logo nos primeiros minutos, Ronaldinho levou os fãs à loucura após acertar um elástico pela lateral da área - o lance acabou resultando apenas em um escanteio.

Aos poucos, o Tigres foi dominando o jogo e abriu o placar aos nove minutos com Hérculez Gómez, após passe do equatoriano Guerrón (ex-LDU e Atlético-PR). A partida ainda foi interrompida pouco tempo depois por alguns minutos porque um rojão estourou perto do goleiro do Tigres, Enriqe Palos, que recebeu atendimento no gramado.

Guerron e Ronaldinho Gaucho, Queretaro X Tigres (Foto: Getty Images)

Ronaldinho, que começou a treinar com os novos companheiros apenas na última segunda-feira, ficou em campo os 90 minutos e atuou mais como meia, tentando organizar as jogadas de ataque do time. Porém, a qualidade técnica dos companheiros deixava a desejar e o Querétaro não conseguia reagir. Aos 32, o craque merecia um cartão amarelo ao entrar de sola na canela de um rival, mas foi apenas advertido pelo árbitro.

O time da casa melhorou um pouco no segundo tempo, após as entradas dos brasileiros Willian e Danilinho. O ex-meia do Atlético-MG sofreu o pênalti que poderia ter dado o empate aos "Gallos Brancos", aos 16 do segundo tempo, e ainda criou outras oportunidades, mas sem sucesso. Após a cobrança errada, Ronaldinho passou a procurar mais a bola e teve uma boa oportunidade de falta, defendida pelo goleiro.

 

- Sabíamos que teríamos que jogar com a pressão deles, que iriam querer ganhar pela estreia do Ronaldinho. Estamos felizes pela vitória - disse Guerrón.

A derrota deixou o Querétaro em segundo lugar do Grupo 1 da Copa do México com nove pontos, dois atrás do Tigres. O Altamira, que venceu o Irapuato por 1 a 0 mais cedo, tem sete, enquanto o Irapuato soma seis.

A próxima partida de Ronaldinho Gaúcho pelos "Gallos Brancos" será no domingo contra o Chivas, em Guadalajara, pelo Campeonato Mexicano. O time do brasileiro é o oitavo colocado na liga nacional com 11 pontos em oito rodadas (o América lidera com 17).

 

Artilheiros do Tricolor: Ceni supera Pedro Rocha e fica a oito gols de Raí

 

Rogério Ceni chegou a 120 gols na carreira no último domingo, ao marcar o primeiro gol tricolor na vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Cruzeiro. Com isso, o goleiro-artilheiro superou Pedro Rocha na lista de goleadores do time e tornou-se o 12º na lista.

O goleiro subiu mais um degrau entre os artilheiros históricos do clube. Se fizer mais um gol, ele iguala Prado, autor de 121 gols pelo Tricolor. O próximo passo seria alcançar o décimo colocado, Raí. O ídolo tricolor tem 128. Ceni precisaria de mais oito gols até o final desta temporada.

Balançar a rede do Cruzeiro não é novidade para o goleiro do São Paulo. Muito menos de Fábio. Se o time mineiro é o segundo que mais vezes levou gol do M1to, o arqueiro da Raposa é quem mais foi vazado pelo camisa 1 do time do Morumbi.

- O Cruzeiro é sempre um grande adversário, com grandes times. Eles vêm nos últimos dois anos como os melhores do Brasil. É bom vencer contra uma equipe que tem um futebol muito vistoso. Não é só pela vitória, mas sim por ter sido sobre o líder do campeonato - disse Ceni.

Com 42 pontos, o São Paulo está na segunda colocação do Campeonato Brasileiro. A distância para o Cruzeiro é de quatro pontos. O Tricolor volta a campo na quarta-feira, às 22h, para encarar o Coritiba, fora de casa, no estádio Couto Pereira.

 

 

O PREFEITO CRISTIANO MATHEUS , CONTINUA REALIZANDO UM BELÍSSIMO TRABALHO EM MARECHAL DEODORO !!

POSTADO EM 18/01/2014

 

 

 

 

 

 

 

 




CASAMENTO COLETIVO EM MARECHAL

Você que já vive em regime de união estável e pretende se casar sem a despesa do cartório, a oportunidade é agora. No próximo dia 09 de maio, a prefeitura de Marechal Deodoro realiza mais uma edição do programa Prefeitura Perto de Você.

Neste dia a equipe da Secretaria de Assistência Social, estará fornecendo documentos grátis como CPF, RG, carteira de trabalho e outros serviços como corte de cabelo, palestras, alem do casamento coletivo. Mas para participar do casamento coletivo, os interessados devem comparecer ate a próxima sexta-feira na sede da secretaria, na rua Tavares Bastos, em frente a prefeitura com todos os documentos pessoais. O horário de atendimento é das 8h as 14h.

 

 

 

 

 

 

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO MOSTRA Á ALUNOS O USO EFICIENTE E SUSTENTÁVEL DE ENERGIA ELÉTRICA

A prefeitura de Marechal Deodoro, através da Secretaria de Educação, numa parceria com a Eletrobrás e o Instituto Efort, realizou na cidade uma edição do Projeto Luz do Saber.

Durante onze dias, as crianças matriculadas na rede municipal de ensino, participaram de dinâmicas pedagógicas que lhes ensinaram o uso eficiente e sustentável da energia elétrica. Além das palestras que assistiram, os alunos também receberam kits com material didático.

Os instrutores e professores que acompanharam as crianças, observaram que o que mais lhes chamou atenção foram as exposições práticas com exemplos do uso de energia eficiente da energia elétrica, sua propagação e fontes. Tudo isto, realizado dentro de uma unidade móvel (ônbius) que leva o projeto para diferentes cidades do nordeste.

A representante da secretaria municipal de educação, e uma das coordenadoras do projeto na cidade, Taciana Lessa, comentou que “estes eventos são muito importante para os alunos,. Pois além de fortalecer o conhecimento estudado em sala de aula, demonstra na prática, como podemos reduzir o consumo de energia, evitando desperdícios e contribuindo para um planeta mais sustentável.”, disse Taciana.

 

PRAIA DO FRANCÊS ESTÁ ENTRE AS MAIS LIMPAS DO ESTADO

As águas da Praia do Francês, em Marechal Deodoro, estão entre as que apresentam melhores condições de balneabilidade no Estado de Alagoas. A informação é do departamento técnico do IMA – Instituto de Meio Ambiente, que recolhe amostras e monitora a qualidade das águas das praias alagoanas.

O último relatório do IMA analisou 20 pontos entre o litoral norte a sul do Estado, inclusive Maceió. Destes, onze estão impróprios para banho. As amostras analisadas da Praia do Francês apontam que em Marechal Deodoro os banhistas desfrutam das águas com os melhores  índices de balneabilidade. O documento é um dos instrumentos utilizados para monitorar as áreas próprias e impróprias para banho, além de indicar possíveis irregularidades.

O relatório produzido, pela Diretoria de Laboratório, segue os padrões definidos pela resolução 274/2000 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). As amostras foram coletadas nos dias 07 e 08 de janeiro, quando houve incidência de chuvas. A classificação, quanto a própria ou imprópria, é definida pelo Número Mais Provável (NMP) de Coliformes Termotolerantes (fecais) por 100ml de água, durante o intervalo de cinco semanas.

BOA NOTÍCIA

O relatório do IMA é visto com entusiasmo pelos ambientalistas e o trade do turismo de Marechal Deodoro, que detém um número considerável de leitos ofertados em pousadas e hotéis na Praia do Francês.

Alexsandro Santos Silva, 28 anos, há quinze pratica surfe no Francês. “É claro que ficamos satisfeitos com esta notícia. Pois a galera que surfa aqui vem de várias partes do nordeste. Ao mesmo tempo que ficamos tristes em saber que em outros lugares não há o cuidado que se tem com a água aqui”, comenta.

O empresário hoteleiro Mauro Vasconcellos também vê com entusiasmo o resultado da análise do IMA. Para ele, é importante que os diversos setores da sociedade e também públicos, continuem tomando ações para manter a praia como está.

“Pois praia limpa e ideal para o banho é sempre um bom referencial para o turismo. E não podemos perder isto, por razões ambientais e também turísticas”, comenta. Para ele, é preciso ter cautela quanto aos locais onde o resultado foi diferente. Pois afinal de contas o turista com sua família escolhe uma região como destino. E não somente um ponto do litoral. “Por isto é importante dar atenção à questão como um todo”, conclui.

 
 

PREFEITURA FIRMA CONVENIO PARA REFORMA DE IMÓVEIS PARTICULARES DO SÍTIO HISTÓRICO

A prefeitura de Marechal Deodoro acaba de firmar convênio com do Iphan para a reforma dos imóveis particulares que fazem parte do sítio histórico tombado da cidade. Veja abaixo o edital para a seleção de propostas. E fique atendo para os prazos. Mais informações, com a arquiteta Fernanda Gueiros, pela manhã, na casa de Câmara e Cadeia.

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE MARECHAL DEODORO

AVISO DE SELEÇÃO PUBLICA Nº 01/2014

 

Está aberto até o dia 27 de maio de 2014, às 9:00 horas,edital de seleção para apresentação de propostas para recuperação de imóveis privados no centro histórico de Marechal Deodoro (AL). A ação, que é realizada em parceria entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), a Prefeitura de Marechal Deodoro e o Banco do Nordeste, visam à recuperação do patrimônio edificado, de propriedade particular, por meio da concessão de um financiamento sem juros para a população da área tombada.

Podem ser financiadas obras de recuperação ou adequação em fachadas ou coberturas, de estruturas, das instalações elétricas, hidrossanitárias e de prevenção de incêndio, bem como intervenções que visem melhor adequar os imóveis com relação às condições de insolação e ventilação. Também podem ser financiados os custos relativos à elaboração dos projetos de arquitetura e engenharia relacionados às obras propostas.

Podem apresentar propostas pessoas que tenham a posse do imóvel (proprietários, inquilinos, promitentes compradores, comodatários, usuários por pelo menos cinco anos contínuos), parentes (mãe, pai, filhos e irmãos), cônjuges ou sócios de pessoas jurídicas que formalmente utilizam o imóvel. Os interessados devem procurar a Secretaria de Cultura de Marechal Deodoro, que funciona na antiga Casa de Câmara e Cadeia, à Rua Tenente José Tomé s/nº, esquina com o Largo da Matriz. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (82) 3263.2608 ou pelo e-mail cultura@marechaldeodoro.al.gov.br.

 

A abertura das propostas será em sessão pública no dia e horário acima mencionados.

Fernanda Santana Gueiros

Presidente da CES

 

CLASSIFICAÇÃO P J V E D GP GC SG % ÚLTIMOS JOGOS
1
0
46 21 14 4 3 43 21 22 73.0
   
2
0
42 21 12 6 3 37 22 15 66.7
   
3
1
37 21 11 4 6 27 18 9 58.7
   
4
1
36 21 9 9 3 25 13 12 57.1
   
5
1
35 21 10 5 6 35 20 15 55.6
   
6
1
35 21 10 5 6 18 14 4 55.6
   
7
0
31 21 9 4 8 20 27 -7 49.2
   
8
0
31 21 8 7 6 24 20 4 49.2
   
9
1
29 21 8 5 8 24 19 5 46.0
   
10
2
28 21 8 4 9 17 24 -7 44.4
   
11
2
28 21 7 7 7 27 27 0 44.4
   
12
3
27 21 7 6 8 15 20 -5 42.9
   
13
2
25 21 7 4 10 18 29 -11 39.7
   
14
2
23 21 6 5 10 16 24 -8 36.5
   
15
1
22 21 6 4 11 21 25 -4 34.9
   
16
1
21 21 6 3 12 16 28 -12 33.3
   
17
2
21 21 5 6 10 10 26 -16 33.3
   
18
1
20 21 4 8 9 18 20 -2 31.7
   
19
1
20 21 4 8 9 15 19 -4 31.7
   
20
2
18 21 4 6 11 19 29 -10 28.6
   
  • 23ª RODADA

     CAP x INT 
    Sáb - 20/09 - 18h30 - Arena da Baixada
     CRI x BOT 
    Sáb - 20/09 - 21h00 - Heriberto Hulse
     VIT x BAH 
    Dom - 21/09 - 16h00 - Barradão
     SPO x CFC 
    Dom - 21/09 - 16h00 - Ilha do Retiro
     CRU x CAM 
    Dom - 21/09 - 16h00 - Mineirão
     COR x SAO 
    Dom - 21/09 - 16h00 - Arena Corinthians
     FLA x FLU 
    Dom - 21/09 - 16h00 - Maracanã
     SAN x FIG 
    Dom - 21/09 - 18h30 - Vila Belmiro
     GOI x PAL 
    Dom - 21/09 - 18h30 - Serra Dourada
     GRE x CHA 
    Dom - 21/09 - 18h30 - Arena Grêmio
 

 

                                                                                             

COM DIREITO A POLÊMICA, PALMEIRAS E FLA EMPATAM, E VERDÃO ENTRA NO Z-4

 

Um tempo para o Flamengo, um tempo para o Palmeiras, e tudo igual no placar do Pacaembu. Em mais um jogo com arbitragem polêmica, cariocas e paulistas empataram por 2 a 2 na noite desta quarta-feira, pela 22ª rodada do Brasileirão. Pior para o Verdão, que entra na zona de rebaixamento e volta para casa ainda de cabeça cheia, questionando um toque de mão de Eduardo da Silva no segundo gol rubro-negro, marcado por Alecsandro, e um pênalti não marcado em Henrique. Canteros abriu o placar para os visitantes, enquanto Diogo e Victor Luis fizeram a festa dos palmeirenses, que não pouparam as gargantas para apoiar a equipe. Valdivia foi expulso.

A entrada do chileno, por sinal, foi determinante para que o Palmeiras ganhasse sobrevida. Polêmicas à parte, o Flamengo conseguiu dominar as ações na etapa inicial e usou a situação delicada do rival a seu favor. Bem postado, o Rubro-Negro apostou na velocidade do contragolpe e abriu vantagem. A saída de Cáceres no intervalo, entretanto, desmontou o setor defensivo. Com a inteligência de Valdivia, o Verdão reagiu e pressionava, até que o camisa 10 pisou em Amaral após cometer falta e colocou tudo por água abaixo. Tudo isto para um público de 20.587 pessoas (19.350 pagantes), que gerou uma renda de R$ 464.752,50.

Com o empate, o Palmeiras é o 18º colocado, com 22 pontos, e encara o Goiás, domingo, às 18h30m (de Brasília), no Serra Dourada. Já o Flamengo pulou para 29 pontos, se manteve na décima posição, e terá pela frente o clássico com o Fluminense, também no domingo, às 16h, no Maracanã.

O Flamengo entrou em campo como franco-atirador. Em situação bem mais tranquila no Brasileirão, deixou a bola com o Palmeiras, à espera de espaços para contra-atacar diante de um rival pressionado. E a estratégia deu certo. Logo aos 12 minutos, João Paulo apareceu bem pela esquerda e cruzou para trás. Juninho se atrapalhou todo e foi desarmado por Canteros, que limpou a jogada e chutou bonito para abrir o placar. Era tudo que os cariocas queriam, e a pressão sobre o Verdão aumentava a cada toque na bola, com direito a vaias.

Organizado, o Rubro-Negro seguia apostando na velocidade, e aos 31 já tinha 2 a 0 no placar. Em raro avanço ao ataque, Léo Moura descolou lindo passe para Eduardo da Silva. O croata dividiu com Deola, contou com a ajuda do braço para levar a melhor e tocou para Alecsandro escorar de cabeça. Nova polêmica envolvendo o Fla. E não parou por aí, antes do fim da etapa inicial, João Paulo deu tranco em Henrique no ar dentro da área. Os paulistas pediram pênalti, ignorado pelo gaúcho Anderson Daronco.

- Para ser sincero, a bola pegou de raspão (na mão), mas não tive a intenção. É do futebol. Se o árbitro quisesse, dava, mas não deu e faz parte. A vitória é merecida - disse Eduardo da Silva na descida para o vestiário sobre o lance do gol.

Com a corda no pescoço, o Palmeiras se jogou para cima do Flamengo no segundo tempo e conseguiu, logo aos dois minutos, o que precisava: um gol para incendiar a torcida e mudar o astral do time. Após chutão de Lúcio, Diogo ganhou de Léo Moura e tocou no canto de Paulo Victor para voltar a balançar as redes depois de mais de um ano - o último tinha sido contra o Fluminense, em 14 de setembro do ano passado. Sem Cáceres, substituído por Amaral no intervalo, o Rubro-Negro se perdeu defensivamente, recuou e chamou o rival para o seu campo. O Verdão pressionou e empatou aos 21, quando Valdivia tocou para Victor Luís, que ganhou de Luiz Antonio e encheu o pé. Gol, sem chances para Paulo Victor.

Os paulistas se mantinham no campo de ataque, até que o chileno mostrou o seu conhecido destempero, pisou em Amaral em disputa de bola e foi expulso. A partir daí, o empate passou a ser lucro. O Fla até assustou com Élton e Alecsandro, mas ninguém foi capaz de tirar o 2 a 2 do placar. Melhor para os cariocas, sete pontos acima da zona de rebaixamento, onde agora está o Verdão.

       CORITIBA VENCE O SÃO PAULO DE VIRADA, RESPIRA, E BRASILEIRÃO "VOLTA AO NORMAL"

 

Se o Cruzeiro não conseguiu parar a reação do São Paulo, o Coritiba fez o serviço direitinho. Na noite desta quarta-feira, no Couto Pereira, o time paranaense venceu o vice-líder, de virada, por 3 a 1, e ganhou fôlego na disputa contra a degola. Michel Bastos abriu o placar, mas Hélder e o camaronês Joel, duas vezes, acabaram com a sequência de nove jogos sem perder do Tricolor..

A vitória sobre o São Paulo tirou momentaneamente o Coritiba da zona de rebaixamento da Série A do Brasileirão. Agora com 23 pontos, o time paranaense está na 15ª colocação e terá um respiro para se reencontrar no campeonato. Já o time do Morumbi viu a pressão no líder Cruzeiro esfriar. Com a vitória da Raposa sobre o Atlético-PR e a derrota Tricolor, a diferença entre eles voltou a ser de sete pontos na 22ª rodada da competição.

O São Paulo tem clássico pela frente na próxima rodada do Campeonato Brasileiro. No domingo, às 16h, o time do Morumbi encara o Corinthians, na Arena de Itaquera. Será a primeira vez do Tricolor na casa corintiana. Nos mesmos dia e horário, o Coritiba visita o Sport, na Ilha do Retiro, no Recife.

Helder comemora gol do Coritiba contra o São Paulo (Foto: Joka Madruga / Futura Press)

O jogo

A partida começou estranha. Primeiro porque Rogério Ceni, poupado por conta de tendinite no joelho esquerdo, não estava no gol do São Paulo – Denis o substituiu. Depois, porque Alex, experiente meia do Coritiba, tentou imitar Maradona aos cinco minutos. Após lançamento para a área, ele desviou com a mão para o gol. Levou cartão amarelo, o terceiro, e está fora da próxima partida do Coxa.

  •  
Michel bastos comemora gol do São Paulo contra o Coritiba (Foto: Joka Madruga / Futura Press)Michel Bastos, o autor do gol do São Paulo
(Foto: Joka Madruga / Futura Press)

Foi o time paranaense que tomou a iniciativa do jogo. Mais pelo desespero do que pela técnica. Ao São Paulo, sem Kaká, suspenso, restou esperar o momento certo para encaixar. A primeira ótima chance surgiu só aos 37 minutos, quando Auro tabelou com Pato e chutou cruzado. Para fora. Aos 46, porém, Michel Bastos, substituto de Kaká, bateu de primeira após ajeitada de Pato e abriu o placar: 1 a 0.

Apesar da vantagem, o Tricolor não conseguia dar o mesmo ritmo que o fez crescer na tabela. Abaixo do que apresentou nas partidas anteriores, o time de Muricy Ramalho não teve criatividade. Faltou também pegada. Algo que o Coritiba mostrou para virar a partida em três minutos. Empatou aos 14, em chute de Hélder, de fora da área, e fez o segundo, aos 17, com Joel.

O Coritiba esteve mais perto do terceiro gol do que o São Paulo do segundo. Muricy, então, resolveu mexer. Promoveu o retorno de Luis Fabiano, recuperado de lesão muscular – Denilson saiu. Depois, Pato foi substituído para a entrada de Osvaldo. Não adiantou. O Coritiba se fechou na defesa, pressionou no contra-ataque e chegou ao terceiro gol, novamente com Joel, que caiu no túnel do vestiário na comemoração. Alegria garantida.

 

D´ LIRIO SEX SHOP

 

Sex Shop

Antenada com as constantes mudanças de conceitos para os novos tempos.
Em parceria com os maiores fabricantes, distribuidores e importadores
do país, Oferecemos aos nossos clientes uma grande variedade de
produtos e acessórios para todos que buscam sensualidade e satisfação
plena. Aqui você tem a oportunidade de apimentar cada vez mais o seu
relacionamento, esteja você casado(a), namorando ou solteiro.

contatos: delirandoporvc@gmail.com/ telefone: 8805-1036

Açeitamos todos os cartões de credito(menos o hiper no momento).

Faça ja seu pedido.

Serviço diferençiado D'lirios sex shop:atendimento exclusivo com hora marcada(vamos ate sua casa ou escritorio)

Ligue ja 8805-1036 e agende sua visita

De carona com R49: craque elogia México e se surpreende com recepção

 
 

Nem parecia que houvera um frenesi no dia da chegada de Ronaldinho Gaúcho a Querétaro. No último domingo, o hotel onde o craque está hospedado se encontra numa tranquilidade impressionante. Nada de imprensa na porta, nem torcedores esperando para ver o ídolo. Quando o craque brasileiro apareceu no saguão, já parecia estar em casa. Andou tranquilamente, encontrou com o irmão, Assis, e seguiu de carro para almoçar. 

O GloboEsporte.com pegou carona com Ronaldinho e teve a oportunidade de conversar com o jogador sobre a chegada ao México. Solícito, o meia ressaltou seu carinho pelo país, disse ter se emocionado em sua apresentação aos Gallos Blancos e explicou a opção pelo clube. Brincou até com a possibilidade de se aventurar na música local assim como fez no Brasil. Dá para esperar um reggaeton com a participação do astro em breve?

- Pode ser (risos). Temos que ver, seria legal - brincou o craque na entrevista realizada antes dapolêmica de racismo com um político mexicano.

Ronaldinho Gaúcho no carro (Foto: Felipe Schimit)Ronaldinho Gaúcho dá carona ao GloboEsporte.com e explica escolha pelo futebol mexicano (Foto: Felipe Schimit)

 

Aperte Play e Curta o Som

.

                                                                                                                                                                  

ASA abre ampla vantagem, mas no fim cede empate ao Salgueiro: 3x3

O ASA voltou a frustrar seu torcedor ao ficar no empate por 3x3 com o Salgueiro, na tarde deste domingo, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. O resultado deixa o alvinegro arapiraquense estacionado na sétima colocação do grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C, agora com 19 pontos, enquanto que o Salgueiro se mantém no G4 (4º colocado), com 21 pontos, perdendo o terceiro posto para o Botafogo-PB nos critérios de desempate.

O alvinegro arapiraquense abriu ampla vantagem no 1º tempo, com vitória parcial por 3x0 – gols de Wanderson, Alex Henrique e Didira. A vitória não só faria o ASA ultrapassar o adversário pernambucano como ingressaria no G4. Porém, assim que começou a etapa complementar o ASA ficou inferiorizado numericamente em campo porque Didira foi expulso e viu a reação do Salgueiro ocorrer, pois chegou ao empate através dos jogadores Valdeir, Kiros e Raniere.

Este resultado força o ASA agora a vencer fora de casa já na próxima rodada quando domingo que vem enfrenta o Botafogo em João Pessoa. E o Salgueiro vai a Catalão (GO) para enfrentar o Crac no sábado. Encerrada esta rodada, agora só restam três partidas para cada equipe.

ASA constrói grande vantagem na etapa inicial

A partida não começou bem para o ASA. Apesar de aos 3 minutos o lateral-direito Leandrinho ter obrigado o goleiro Luciano a praticar difícil defesa com os pés, aos 9 o Salgueiro teve grande oportunidade para abrir o placar porque o árbitro Jefferson Schmidt assinalou pênalti de Lucas em Fabrício Ceará. Só que na cobrança o atacante do Salgueiro chutou fraco, no canto direito, e o arqueiro Pedro Henrique defendeu.

Apesar da chance desperdiçada, o Salgueiro seguiu no ataque e o meia Anderson Paraíba era o jogador mais perigoso para a defesa do ASA, pois dos seus pés sempre saíam os lançamentos e as cobranças de falta e escanteio. O jogo também seguia faltoso tanto que três cartões amarelos já haviam sido aplicados, até que aos 18 minutos, em jogada individual, o atacante Wanderson entrou na área do Salgueiro, pelo lado esquerdo, e concluiu duas vezes para abrir o placar. Na primeira, o lateral-esquerdo Pery fez o corte. Mas o próprio Wanderson pegou o rebote para estufar a rede adversária.

O gol sofrido e o pênalti desperdiçado não abateram o Salgueiro, que teve ótima oportunidade para empatar aos 29 minutos, em conclusão do volante Moreilândia e que o goleiro Pedro Henrique deu rebote para finalização do atacante Everton mas que não ocorreu porque o arqueiro alvinegro se recuperou ao se jogar em direção à bola.

Só que quando o Salgueiro estava equilibrando as ações o ASA chegou ao segundo gol. Foi aos 32 minutos, em jogada que saiu da linha de fundo, do lateral-esquerdo Lucas Pavone para a conclusão certeira de Alex Henrique já dentro da área do Salgueiro.

E antes do intervalo ainda teve espaço para mais, quando aos 42 minutos, após boa jogada entre Wanderson e Alex Henrique na ala direita, a bola foi rolada para a área do Salgueiro e encontrou Didira bem colocado para tocar com êxito em direção à meta adversária.

ASA tem Didira expulso e acaba cedendo empate no 2º tempo

Mas de nada valeu esta vantagem construída no 1º tempo porque assim que começou a fase complementar o ASA ficou inferiorizado numericamente em campo por causa da expulsão do meia Didira, aos 5 minutos. Além disso, as substituições do treinador Fernando Alcântara foram dando certo para o Salgueiro, que se lançou à frente enquanto que o ASA tratou de se defender e explorar os contragolpes.

Apesar disso, o Salgueiro demorou para reagir porque seu primeiro gol só saiu aos 34 minutos. Falta, que vinha sendo cobrada pelo meia Anderson Paraíba. Só que agora foi batida por Kiros, que soltou a bomba, o arqueiro Pedro Henrique rebateu e Valdeir, outro reserva que entrou para dar novo panorama à partida, tocou para o fundo da meta.

O Salgueiro não se deu por entregue e aos 42 minutos o atacante Fabrício Ceará, que havia desperdiçado pênalti no começo do jogo, deu passe para o lateral Marcos Tamandaré. Este fez o centro no primeiro pau e Kiros se antecipou para de cabeça deixar seu time encostado no placar.

Da parte do ASA, o treinador Vica tentou fechar mais ainda a sua equipe ao trocar Lucas por Augusto, na última substituição do jogo, mas não adiantou porque nos acréscimos, aos 46 minutos, o Salgueiro chegou ao empate com o zagueiro Raniere, que ao aparecer no campo adversário recebeu passe de Kiros para decretar 3x3 no marcador após bate-rebate na área arapiraquense. O apito final foi aos 49 minutos e aos 48 quase que o time pernambucano vira não fosse grande intervenção do arqueiro Pedro Henrique.

 

cinquentinha4

A LOTERIA OFICIAL DO NORDESTE

Orçamento do governo prevê salário mínimo de R$ 788 em 2015

Aumento previsto para o salário mínimo é de 8,8% na comparação com o atual valor; impacto nas contas públicas será de R$ 22 bilhões

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta quinta-feira, 28, que o reajuste do salário mínimo a partir de janeiro de 2015 será para R$ 788,06. O aumento será de 8,8% em relação ao valor deste ano, que é de R$ 724. O impacto para as contas públicas no próximo ano, segundo a assessoria da ministra, será de R$ 22 bilhões. Miriam entregou nesta manhã a peça orçamentária ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Quando foi citar o novo valor previsto para o salário mínimo, de R$ 788,06, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, se equivocou e acrescentou a palavra "mil" ao final. Os jornalistas que acompanham a coletiva de imprensa corrigiram e aplaudiram Mantega, que brincou com o seu erro: "Tem muito jornalista que ganha salário mínimo, não é".

O reajuste do salário mínimo tem como base a regra atual, que calcula o valor a partir da variação da inflação do ano anterior, além do desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos antes.

A ministra disse que a proposta orçamentária terá como eixo saúde, educação, combate à pobreza e investimentos em infraestrutura. Segundo ela, o presidente do Senado comprometeu-se a aprovar a proposta orçamentária até o final do ano, dentro do prazo legal.

Os ministérios de Dilma Rousseff que terão o maior aumento na previsão de despesas para o ano de 2015, segundo o projeto de orçamento, são os da Saúde, Educação e Cidades. A pasta da Saúde terá R$ 91,4 bilhões para gastar no ano que vem, uma alta de R$ 8,2 bilhões em relação a este ano. O ministério da Educação poderá gastar R$ 46,7 bilhões em 2015, uma alta de R$ 4,4 bilhões ante 2014. A pasta das Cidades terá um orçamento de R$ 26,3 bilhões no ano que vem, uma elevação de R$ 3,4 bilhões em relação a 2014.

 Torcedor vai à Justiça comum para recolocar Grêmio na Copa do Brasil

A decisão final sobre a exclusão do Grêmio da Copa do Brasil ainda parece longe do fim. Depois de o clube entrar com um pedido de efeito suspensivo da decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva que retirou o Tricolor da competição, um torcedor entrou com uma ação na Justiça comum nesta terça-feira para tentar reverter a decisão. O STJD eliminou o Grêmio por conta das injúrias raciais cometidas por torcedores contra o goleiro Aranha, na partida contra o Santos, disputada no dia 30 de agosto, na Arena.

O advogado Daniel Gomes Pereira, de 30 anos, que é torcedor e sócio do Grêmio, ingressou com a ação na 16ª vara civil de Porto Alegre pedindo que o clube seja recolocado na competição. Ele ainda acionou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Santos e o Botafogo, equipe que enfrenta o vencedor do duelo entre a equipe paulista e a gaúcha.

Segundo ele, o artigo em que o Grêmio foi enquadrado, o 243-G, não condiz com o que ocorreu durante a partida. De acordo com o Código Brasileiro de Justiça Desportiva, o artigo condena quem "praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência".

"Ingressei na Justiça por entender que o Grêmio foi punido indevidamente. O artigo fala em ato discriminatório e isso não ocorreu. O que ocorreu foi uma injúria racial. Ato discriminatório consiste em proibir alguém de fazer algo em função de raça, religião ou alguma outra coisa. Não foi isso que aconteceu", disse Daniel ao GloboEsporte.com.

O advogado acredita que pode reverter a decisão do STJD, já que a Justiça comum prevalece em relação à Justiça desportiva.

"Vamos ver o que o juiz vai decidir. Mas o que ele decidir, está decidido. A CBF terá de cumprir caso ele defira o meu pedido", disse.

Daniel não teme que o Grêmio seja prejudicado com a sua ação, já que o clube ainda luta na esfera esportiva para reverter a exclusão.

"O Grêmio não é participante da ação. O clube não tem nada a ver com isso. Eu entrei como pessoa física, me utilizando de um direito que o Estatuto do Torcedor me garante. Não há relação com a ação do Grêmio no STJD", explicou.

A ação do advogado difere do caso da Portuguesa, que perdeu pontos por escalar de forma irregular o meia Hérverton no Brasileirão de 2013 e acabou rebaixada para a segunda divisão. No caso, o próprio clube ingressou na Justiça comum, o que não ocorreu no caso do Grêmio.da num jogo de futebol. Mais uma vitória para a conta de Neymar.

 
 

VASCO REAGE EM MEIO À CRISE, VIRA SOBRE O AMÉRICA-MG E VOLTA AO G-4

 
Com outra postura, mais confiança e uma dose de sorte, o Vasco afastou a crise e voltou a vencer após cinco partidas - três delas pela Série B. Na tarde deste sábado, o time que agora terá Joel Santana no comando fez 3 a 2 no América-MG, no Independência, de virada, e encerrou a invencibilidade do rival em casa na competição. De quebra, recuperou sua vaga no G-4 e empurrou o Coelho para sexto. O zagueiro Rodrigo fez o gol decisivo, contando com desvio em cobrança de falta, após um primeiro tempo elétrico que terminou 2 a 2. Os outros foram marcados por Douglas Silva e Thalles, com Willians e Obina descontando.
 

Expectativa sobre o futuro à parte, foi o interino Jorge Luiz que, mesmo depois da eliminação na Copa do Brasil, arriscou, distribuiu uma equipe ofensiva, que se empenhou e vibrou muito mais do que no vexame por 5 a 0 para o Avaí, por exemplo. Em contrapartida, os mineiros ofereceram espaço em demasia e acabaram surpreendidos depois de três partidas sem perder.

Com o resultado positivo, o Cruz-Maltino fecha a 20ª rodada em quarto lugar, com 35 pontos, dois acima do América-MG. Na terça-feira, o Coelho encara o Ceará, às 19h30m, em Fortaleza, e o Vasco recebe o Luverdense, em São Januário, no mesmo horário.

As estatísticas recentes de ambos ditaram o ritmo do início da partida. Logo na primeira bola, Willians aproveitou ótimo lançamento de Renan Oliveira e, com espaço, abriu o placar ao acertar o canto esquerdo. Diante de um adversário desorganizado na defesa e ferido pela crise, o Coelho tentou impor uma pressão para matar a partida. Acertou uma no travessão, mas também bobeou, aos 12 minutos, em desvio errado de Obina que permitiu Douglas Silva empatar de cabeça. A partir daí, o jogo se tornou ríspido e equilibrado - principalmente em erros - e com o domínio territorial do time da Colina. Então, a pixotada 

Passes precisos dos mineiros, no entanto, colocaram Obina duas vezes em boas condições, aproveitando-se da lentidão e falta de cobertura. Explorar o lado do jovem Lorran e de Douglas Silva foi a melhor arma. A contribuição de Diogo Silva também foi providencial em nova saída atrapalhada fora da área, que o atacante não perdoou: 2 a 2. Emoções não faltaram na etapa, mas a aparência de jogão foi um tanto quanto enganosa na etapa, já que todos os gols saíram por meio de falhas defensivas.

De tanto insistir, Vasco vence a partida

Sem alterações, as equipes voltaram dispostas a resolver a parada, e isso manteve o duelo interessante. Não demorou, porém, para que o Vasco mostrasse superioridade e lembrasse os bons momentos da temporada. O amplo controle da bola criou diversas oportunidades - pelo alto, de fora da área, cara a cara e em cruzamentos rasteiros mal executados. Pedro Ken era um elemento-surpresa, presente em vários lances, e Rafael Silva, que entrou no lugar de Maxi, chegou a carimbar a trave. Neste momento, Diogo Silva era mero espectador.

De tanto insistir, os cariocas, enfim, foram premiados. E por acaso. Rodrigo cobrou falta de longe, aos 35, e contou com o toque na barreira para enganar o goleiro Fernando Leal - até então o responsável por segurar o resultado. Em desvantagem, o técnico Moacir Júnior trocou duas peças em busca de uma reação, mas já era tarde. São Januário, pelo jeito, vai viver dias de trégua, e a estrela de Joel, que assume com a missão de ordenar a casa, começa a brilhar.

 

Eleições: compra de votos sai por até R$ 150 em Alagoas

A lista de crimes eleitorais previstos pela legislação brasileira é extensa, mas a infração que mais ocupa os órgãos fiscalizadores continua sendo a compra e venda de votos. De acordo com a Polícia Federal em Alagoas, cerca de 80% dos inquéritos eleitorais instaurados no estado a cada pleito são referentes à captação ilícita de sufrágio. Os 20% restantes cobrem os demais tipos de ilegalidades, como a transferência irregular de domicílio eleitoral, calúnia, difamação e ameaça, além das diferentes formas de arregimentação de eleitores no dia do pleito.

O “mercado” de votos envolve cálculos matemáticos e uma estrutura de negócio semelhante à de organizações mafiosas, como explica o delegado da PF Políbio Brandão, que esteve à frente do trabalho do órgão em Alagoas nas últimas eleições. Como é quase impossível ter certeza de que o eleitor “comprado” vai realmente votar em determinado candidato, os infratores trabalham com uma margem de risco, segundo o delegado.

“Para cada voto que se tem, compra-se quatro ou cinco a mais. Por exemplo, se um candidato corrupto precisa de 20 mil votos para se eleger, ele compra 80 mil para ter a garantia de que conseguirá. Como não existe fidelização do eleitor, eles trabalham com uma espécie de ‘‘margem de risco’’. Esse dado matemático já foi comprovado em inquéritos policiais”, diz Políbio, que responde interinamente pela Delegacia de Defesa Institucional (Delinst) da PF, cujo titular é o delegado Marco Antônio Gomes.

O preço de um voto, que chegou a R$ 50 no pleito de 2012, pode ter inflacionado 50% este ano, de acordo com informações preliminares recebidas pela Polícia Federal. Além do “reajuste” de preço, a compra casada seria mais um artifício utilizado: “Este ano, já se ouve falar em até R$ 75 por voto. Também nos chegou a informação de que a ‘casadinha’ dos votos para deputado estadual e deputado federal custaria R$ 150”, revela Políbio.

 

 

 

 

EM BREVE NOSSO BLOGUEIRO.

CARLOS ANTONIO MIRANDA.

 

     Futebol na terra da rasteira

Juca Kfouri

05/05/2014

Não sabe o que é CRB e nem CSA? Nunca ouviu falar em Jacozinho, muito menos Silva Cão?

Quer saber qual foi o primeiro time que o Felipão escalou? Seus problemas acabaram: já está no ar o FUTEBOL NA TERRA DA RASTEIRA!

Numa crônica escrita em 1921, o escritor alagoano Graciliano Ramos sentenciou: “O futebol não pega, tenham a certeza. Desenvolvam os músculos, rapazes, ganhem força, desempenem a coluna vertebral. A rasteira! Este, sim, é o esporte nacional por excelência. Dediquem-se à rasteira, rapazes!”

O documentário FUTEBOL NA TERRA DA RASTEIRA tenta entender como, contrariando todas as expectativas, o futebol pegou em terras Caetés.

Através do relato de ex-jogadores que marcaram a história da centenária rivalidade entre CRB e CSA, o filme traça um panorama geral da relação permeada de alegrias e tristezasentre o futebol e a cidade de Maceió.

Dirigido por Thalles Gomes e produzido pela Subvídeos Produções, o curta-metragem foi um dos vencedores do Premio Guilherme Rogato da Prefeitura de Maceió.

Na escalação do documentário estão os ex-jogadores Silva Cão, Paranhos, Joãzinho Paulista, Catanha, Jorge Siri, Peu, Felipão e muitos outros.

Sem contar a narração de Márcio Canuto e a trilha sonora wado 

 

     

Após expulsão, Sheik reclama da CBF: "Você é uma vergonha!"

- CBF, você é uma vergonha!   

Foi assim que Emerson Sheik reagiu ao cartão vermelho dado pelo árbitro Igor Junio Benevenuto. Aos 14 minutos do segundo tempo, após entrada forte em Uelliton, o atacante do Botafogo recebeu o segundo amarelo - a primeira advertência havia sido por reclamação - e acabou expulso da partida contra o Bahia. Deixou o gramado do Maracanã olhando para as câmeras. E mostrou a sua irritação (veja no vídeo acima).   

Repetiu quatro vezes a palavra “vergonha”. Até então, era o destaque da equipe, afinal, tinha marcado dois gols: de pênalti e de cabeça. Mas seus gols de nada adiantaram. Com superioridade numérica em campo, o Bahia virou a partida e venceu por 3 a 2 na noite desta quarta-feira, em partida válida pela 22ª rodada do Brasileirão. Com o resultado o Botafogo entrou na zona de rebaixamento. O próximo jogo será contra o Criciúma, sábado, 21h, fora de casa

RADIO JOVEM PAN MACEIO

ESCUTE O RESULTADO DA LOTERIA POPULAR AQUI

CLIQUE AQUI  EM BAIXO

RADIO GLOBO AM.

Clique em baixo Para ouvi

  

A COPA DO MUNDO PERDE NA PESQUISA

 

 

Resultado da Mega sena.

dia 17/09/2014

19-26-33-35-51-52

CONCURSO DE  Nº 1636

 

ACUMULOU

 

 

Extração n. 04902

O BILHETE GANHADOR DO 1º PRÊMIO FOI DISTRIBUIDO PARA CAICÓ/RN.
 
DOT
Prêmio Bilhete Valor do Prêmio (R$)
dot2 dot3 dot4
08.976 250.000,00
54.151 16.300,00
81.941 16.000,00
89.149 15.800,00
00.277 15.223,00

 

Jornal: comissão de ética da Fifa investiga brindes da CBF na Copa

 

Reportagens de dois jornais europeus neste domingo relatam um imbróglio envolvendo CBF e Fifa por brindes oferecidos em nome dos brasileiros a membros do Comitê Executivo da entidade internacional. A Comissão de Ética da Fifa está investigando o caso, pois o código interno proíbe expressamente a aceitação desse tipo de presentes.

De acordo com o "Welt am Sonntag", da Alemanha, dezenas de funcionários ganharam relógios avaliados em € 20 mil (cerca de R$ 60 mil). Theo Zwanziger, ex-presidente da Federação Alemã de Futebol (DFB, na sigla em inglês), e Wolfgang Niersbach, atual titular do cargo, confirmaram a informação ao jornal.

- Quando voltei à Alemanha, informei à Comissão de Ética que a CBF tinha me presenteado com um relógio e queria devolvê-lo imediatamente. Antes do congresso da Fifa, em São Paulo, encontrei uma bolsa da Fifa no meu quarto de hotel. Vi uma camisa do Brasil e uma da Fifa, canetas, bandeirinhas e broches, mas não vi um relógio. Quando um jornalista britânico me perguntou se tinha recebido um relógio, voltei a olhar o que tinha dentro da bolsa. Encontrei o relógio embrulhado em um plástico e envolvido numa camisa brasileira. É uma indecência que o relógio tenha muito valor. Nesse caso, deve se castigar a CBF - afirmou Zwanziger ao "Welt am Sonntag".

Ralf Köttker, diretor de comunicação da DFB, confirmou que Wolfgang Niersbach também recebeu o relógio, mas não aceitou o presente e o devolveu diretamente à CBF por serviço de entrega. De acordo com o jornal alemão, os presidentes de todas as 32 federações participantes, assim como dirigentes da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), ganharam os brindes.

O "Sunday Times", da Inglaterra, dá outros detalhes do caso. Afirma que o britânico Jim Boyce, membro do comitê executivo da Fifa, disse que tomou "o choque de sua vida" quando descobriu o relógio no saco de presente em seu quarto no hotel Grand Hyatt. De acordo com a publicação, Sunil Gulati, dos EUA, Moya Dodd, da Austrália, e o príncipe Ali bin al-Hussain, da Jordânia, também relataram o recebimento do brinde.

Segundo o jornal inglês, a Fifa se limitou a confirmar em comunicado oficial neste domingo a "distribuição de relógios comemorativos pela CBF oferecidos por seus patrocinadores para várias pessoas, incluindo um membro do comitê executivo" e que a comissão de ética foi informada e está investigando a questão.

O GloboEsporte.com tentou contato com a CBF para uma resposta aos jornais europeus, mas ainda não obteve retorno.

Há vida após o 7 a 1: apenas Espanha supera o Brasil em jogadores inscritos

 

De Neymar a Marcelinho, meia ex-Bragantino e atualmente no búlgaro Ludogorets, 76 jogadores vão representar o Brasil na fase principal da Liga dos Campeões, que inicia nesta terça-feira (assista no vídeo ao lado a reportagem do Esporte Espetacular sobre o torneio) com oito partidas, todas com transmissão em Tempo Real pelo GloboEsporte.com - na quarta-feira, a estreia do Barcelona, contra o Apoel, do Chipre, pode ser assistida ao vivo em vídeo no site, a partir de 14h30 (de Brasília). O número é significativo, sobretudo se levarmos em conta que apenas a Espanha tem mais atletas inscritos na competição (com 83 atletas). Sinal de que os brasileiros seguem com espaço cativo no principal mercado mundial mesmo que a derrota por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal da última Copa.

Nem mesmos os germânicos, atuais campeões mundiais e representados por quatro equipes na competição, fazem frente ao Brasil nesse aspecto. Müller, Lahm, Neuer e até outros menos famosos como o goleiro Christian Wetklo, do Schalke, somam 56 atletas, o que faz da Alemanha a terceira nação com mais jogadores na fase de grupos da competição. Franceses, portugueses, italianos e argentinos aparecem na sequência (abaixo a tabela dos países - de Europa, América e África - com mais representantes, por continente). 

O número de brasileiros poderia ser maior não fossem aqueles que tiraram passaportes estrangeiros. O lateral-esquerdo Guilherme Siqueira e o volante Romulo, por exemplo, têm cidadania italiana. O mesmo acontece com Thiago Alcântara e o atacante Diego Costa, só que para o lado da Espanha. Já o zagueiro Pepe é naturalizado português... A lista é extensa.

SHAKHTAR, O CAMPEÃO DE BRASILEIROS

Brasileiros Shakhtar donetsk (Foto: Felipe Rocha)Brasileiros do Shakhtar contribuem bastante para número significativo de inscritos (Felipe Rocha)

O maior responsável pela grande quantidade de brasileiros é, sem sombra de dúvidas, o Shakhtar Donetsk. São 13 jogadores que cruzaram o Atlântico rumo ao time do leste europeu, entre eles os meias Bernard, Fred, Marlos, Fernando, Doulgas Costa, Alex Teixeira, Ilsinho... É uma verdadeira colônia brasuca na Ucrânia. Logo atrás, vem o Benfica, casa do goleiro Julio César, do zagueiro Luisão e de outros seis jogadores. O atacante Jonas, recém-contratado pelos portugueses, só poderá ser inscritos no mata-mata e não entra na conta.

- Acho que os brasileiros ajudaram demais o Shakhtar ao longo dos anos. Desde que o clube passou a apostar nos nossos jogadores, o time começou a se destacar na Ucrânia e na Europa. O Shakhtar conquistou a Liga Europa, primeiro título internacional de um clube ucraniano, e chegou nas quartas de finais da Liga dos Campeões. Nessas duas campanhas, os brasileiros eram maioria e protagonistas. Como a filosofia vem dando certo, eles seguem apostando - disse o meia Marlos, explicando o sucesso que os brasileiros fazem no Shakhtar.

Apoel, Porto e PSG são outros clubes com forte contribuição para o elevado número de brasileiros na Champions – cada qual com cinco atletas. Já os favoritos Barcelona e Chelsea têm quatro cada, muitos deles que estiveram na última Copa (Neymar, Daniel Alves, Oscar, Ramires e Willian, além de David Luiz, Thiago Silva e Maxwell do PSG).

 

Contador.

 

visitas